Como vencer a timidez no dia do casamento

Para superar a timidez e aproveitar todos os momentos desse dia especial, separamos algumas dicas para os casais tímidos.

Muitas pessoas são tímidas e têm dificuldades para enfrentar situações de exposições, como uma foto ou uma dança, por exemplo. E isso são apenas algumas situações vividas pelos noivos no dia do casamento.

Casamento é uma data que pode representar o martírio dos tímidos: afinal, nessa data os holofotes estão todos voltados ao casal principal, e se houver timidez na hora da entrada da igreja, da dança e quando tirar as fotos de casamento, uma noite que poderia ser ótima não vai ficar nada divertida. Mas como vencer a timidez em momentos como esse?

timidez1

Dentre as principais dicas de casamento para não se deixar abater por aquela vergonha e medo de aparecer em público estão a confiança e a presença de espírito. É preciso entender que, em uma data como essa, nenhum dos convidados está presente para fazer comentários ou julgamentos sobre os detalhes da cerimônia – embora aconteça muitas vezes, de forma velada – e muito menos dos noivos. O momento é de partilhar as alegrias, e até os tímidos devem entender esse objetivo quando o assunto for desfilar até o altar sob dezenas de olhos curiosos.

Para aumentar a confiança dos noivos tímidos, o ambiente deve estar propício. Por isso, durante os preparativos para o grande dia, é preciso que os dois se certifiquem que todos os detalhes como decoração, roupas e acessórios dos noivos, música e o celebrante da cerimônia estão exatamente como queria o casal quando imaginou o grande dia. Quando isso está certo a presença dos amigos e parentes, vai servir para dar mais confiança aos noivos mais tímidos.

timidez2

E não tenha medo de não saber o que fazer com as mãos quando está entrando na igreja: isso acontece com todo mundo que se casa e, acredite ninguém sabe muito bem o que fazer nessa hora. Tente sorrir o máximo possível durante a trajetória, já que um belo sorriso traz para si todas as atenções – e as mãos vão virar mero detalhe. A mesma dica serve para a hora da dança: mesmo que os noivos não sejam exímios dançarinos, devem saber que essa não é a obrigação deles. A dança deve ser um momento de descontração e alegria, e não de obrigatoriedade. Uma das dicas é procurar dançar um estilo que ambos os noivos gostem, e de repente trocar a valsa por outro ritmo que os deixem mais relaxados.

Por fim, na hora de tirar as fotos de casamento, deixe pra lá toda a timidez: é necessário e delicioso registrar o momento para a posteridade! Para vencer a vergonha, nessa hora, lembre-se que o dia é seu, e você é a pessoa mais importante naquele recinto. Todo o resto é detalhe! Dessa forma você vai reposicionar a confiança para abrir aquele sorriso maravilhoso que vai mostrar pra todo mundo – inclusive para o fotografo – que aquele é o dia mais feliz da sua vida.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rolar para cima